Hipotireoidismo x Obesidade

Mitos e verdades sobre o hipotireoidismo e o ganho de peso em crianças
Diagnosticar e tratar possíveis distúrbios hormonais em crianças é um dos papéis do endocrinologista infantil, pois existem várias doenças com características específica dessa fase da vida. Dentre elas, destaca-se o diabetes, a baixa estatura, a obesidade infantil e o hipotireoidismo.

"Todos devem se atentar e não tratar as crianças como adultos em miniatura, como consequência de ter danos permanentes a sua saúde", explica Dr. Fernando Diniz, endocrinologista infantil em São José do Rio Preto, que dedica-se a diagnosticar e solucionar problemas hormonais em crianças.

hipotireoidismo

A tireoide é uma glândula muito importante e seu mau funcionamento leva ao hipotireoidismo (falta de hormônio tireoidiano). Desde os primeiros dias de vida, avalia-se essa possibilidade, por meio do teste do pezinho.

Para evitarmos sequelas graves, é recomendado iniciarmos o tratamento o mais rápido possível. Uma vez que o tratamento para o hipotireoidismo é simples e barato devendo ser instituído o mais rápido possível.
A partir do período neonatal, a avaliação da função tireoidiana pode ser requisitada a qualquer suspeita aventada pelo pediatra, devendo ser referenciada para o endocrinologista infantil. Dessa forma, podemos evitar alguns distúrbios causados pela ausência do hormônio tireoidiano como:

  • Queda de cabelo,
  • Unhas quebradiças,
  • Dificuldade de sucção (leite para bebês),
  • Sopro cardíaco,
  • Atraso de de aprendizado,
  • Baixa estatura,
  • Anemia,
  • Constipação,
  • entre outros problemas causados pela ausência do hormônio tireoidiano
Muitas pessoas associam o hipotireoidismo ao aumento de peso. No entanto, o especialista em tireoide enfatiza que a falta do hormônio não implica no excesso de peso.

A obesidade infantil, que já se tornou uma epidemia global, é decorrente de uma séria de fatores como má alimentação e sedentarismo. "Somente uma pequena porcentagem dos obesos tem uma causa hormonal ou genética, e o hipotireoidismo não está entre elas, principalmente quando se trata de criança”, afirma o endócrino infantil, que adverte que se a criança está acima do peso, pais e responsáveis devem procurar um endocrinologista infantil, para traçar um plano terapêutico, com reeducação alimentar e atividade física adequada para cada faixa etária.